O que a utilização de Contêineres em suas aplicações pode gerar de benefícios?

A tecnologia em contêineres, também chamada de conteinerização, é uma forma de virtualização do sistema operacional. 

Com a utilização de um único contêiner, você pode executar qualquer coisa. Desde um simples processo de software até mesmo um desenvolvimento de aplicativo maior. Vale mencionar também que os contêineres não contém imagens de sistema operacional e, dessa forma, isso os deixam mais leves e portáteis e, consequentemente, menos sobrecarregados.

Para se ter uma ideia, em implementações de aplicativos maiores, vários contêineres podem ser implementados como um ou mais clusters de contêiner. 

De forma resumida, um contêiner consiste em um ambiente de execução completo: aplicativo, bibliotecas, código binário, arquivos de configuração. 

Confira a seguir seus melhore benefícios para a aplicação:

  1. Independência de plataforma

Podemos dizer que esse é um grande benefício dos contêineres, pois ele envolve tudo que um aplicativo precisa para ser executado, como contamos anteriormente.

Vale lembrar que isso permite que você execute de maneira fácil e confiável para diferentes ambientes. Por exemplo: servidores virtuais ou físicos, desktop local, nuvem, etc.

Essa portabilidade que existe, proporciona uma grande flexibilização para as organizações otimizando e acelerando processos, além de facilitar a mudança de um ambiente para o outro, como nuvem ou provedor.

  1. Velocidade

A tecnologia de contêineres são leves e sua inicialização acontece em poucos segundos, afinal, eles não requerem uma inicialização de sistema operacional.

Com isso, é possível acelerar o processo de desenvolvimento, tempo de comercialização e velocidade operacional. Além disso, o aumento de velocidade também oferece boas oportunidades para melhorar a experiência do cliente, permitindo que organizações e desenvolvedores possam agir rapidamente.

  1. Eficiência e densidade de recurso

Pelo fato da tecnologia em contêineres não exigir um sistema operacional, eles usam menos recursos. Por exemplo, uma VM (virtual machine, ou máquina virtual), geralmente mede vários gigabytes de tamanhos, enquanto um contêiner costuma medir apenas algumas dezenas de megabytes. 

Assim, é possível executar muito mais contêineres do que VMs em um único servidor, pois você precisa de menos hardware.

  1. Escalonamento eficiente

Outra vantagem dos contêineres é o escalonamento horizontal. Ou seja, é possível adicionar mais contêineres idênticos dentro de um cluster para escalar horizontalmente.

Então, com um escalonamento inteligente, você executa apenas os contêineres necessários em tempo real, reduzindo seus custos de recursos, além de acelerar o retorno sobre o investimento aplicado.

Google, Netflix e Twitter são grandes marcas que aplicam essa tecnologia. Que tal aplicar no seu negócio também?

  1. Economia de mão de obra

Claro que vale destacarmos por aqui que um dos grandes benefícios da tecnologia em contêineres é economizar na mão de obra.

Isso porque não é necessário mobilizar uma equipe de profissionais para instalar e configurar, afinal, os contêineres não precisam de sistemas operacionais.

Então, a dica é apostar na terceirização em uma equipe especializada para otimizar os serviços da sua organização, bem como priorizar sua equipe e outras tarefas importantes.

Para te ajudar na aplicação e utilização de contêineres, você pode contar com HIT que é especialista em software sob medida e está atuando há 10 anos em tecnologia.

Estudamos seu projeto e colocamos ele fora do papel. 

Agora que você conheceu as principais vantagens da aplicação, hora de planejar para seu o seu negócio! Converse com um de nossos especialistas ou faça um orçamento.

Vem pra HIT.

 

Infraestrutura como código. O que é?

A Infraestrutura como Código – muito conhecido como IaC ou Infrastructure as Code -, é um tipo de configuração que promove o gerenciamento e provisionamento de data centers de computador. Esse tipo de configuração acontece por meio de arquivos de definição legíveis por máquinas, ao invés da configuração de hardware físico ou ferramentas de configuração interativas. 

De forma resumida, a  Infraestrutura como Código (IaC) busca gerenciar a infraestrutura de TI utilizando arquivos de configuração, eliminando a necessidade dos desenvolvedores de provisionar e gerenciar manualmente servidores, sistemas operacionais, armazenamento, dentre outros.

Além disso, a  Infraestrutura como Código também pode ser fundamental para a implantação de DevOps (Desenvolvedores e Operação conjunta) por ser uma metodologia bastante utilizada para entrega de software e gerenciamento de infraestrutura. Seu principal objetivo se destaca na melhoria constante do ciclo de vida de entrega de software, bem como garantir a disponibilidade ininterrupta do produto e desenvolvimento previsível de novos recursos.

Isso porque a IaC permite que as equipes de DevOps criem e versionem infraestruturas de maneira rápida da mesma forma que um código-fonte. Assim, rastreando tais versões para evitar inconsistência entre o TI. Dessa forma, evitando que problemas aconteçam durante a implementação.

Aliás, é a Infraestrutura como código (IaC) que permite, de forma efetiva, que os desenvolvedores ordenem a infraestrutura documentada e com versão executando um script.

Os principais benefícios da Infraestrutura como Código (IaC) são:

  • Desenvolvimento rápido e eficiente: quando simplificamos o provisionamento e garantimos a consistência da infraestrutura, o IaC pode acelerar com segurança todas as fases do ciclo de vida de entrega do software. Além disso, os desenvolvedores podem provisionar rapidamente o sandboxes e ambientes de integração. 
  • Tempo de produção: com a automação da Infraestrutura como Código há uma grande aceleração no processo de provisionamento de infraestrutura para: desenvolvimento, teste e produção. E por codificar e documentar tudo, a infraestrutura pode também automatizar o provisionamento da infraestrutura legada.
  • Consistência: processos manuais são suscetíveis a erros, o que é normal de se acontecer. Por isso, a Infraestrutura como código resolve esse problema fazendo com que os próprios arquivos de configuração sejam a única fonte. Assim, é garantido que as mesmas configurações sejam implementadas continuamente, sem discrepâncias.
  • Custo baixo: Com certeza destacamos a que a redução de custos de gerenciamento de infraestrutura. Ao aplicar a computação em nuvem, junto com a IaC, você reduz significativamente os custos, afinal, não haverá gastos de dinheiro com hardware, contratação para um operador, construir ou alugar espaço para mantê-lo. Por isso, uma ótima aposta está na terceirização de uma equipe eficiente e qualificada. Assim, os especialistas são focados apenas para o IaC e você tem sua equipe para executar tarefas manuais que demandam atenção.

Que as vantagens são ótimas, você já sabe e é por isso que com a HIT, é possível garantir eficiência e qualidade para a implementação da Infraestrutura como Código para seu negócio. Estamos há 10 anos no mercado entregando software sob medida, com as mais completas atualizações. 

Converse com os nossos especialistas ou faça um orçamento com a gente. Ajudamos você a entender a viabilidade técnica e financeira de seu projeto.